TERAPEUTAS
André Gandur
Marilene Coelho

 
OUTONO
Medicina  Tradicional Chinesa
 
 


Chegamos no Outono, que na Medicina Tradicional Chinesa  está relacionado  ao órgão Pulmão (metal, ar), consequentemente é a estação onde iremos encontrar  muitas doenças relacionadas às vias respiratórias e ao intestino grosso e a pele.

Muitas pessoas terão exacerbamento de diarréia, prisão de ventre, alergias, falta de energia, tosses,  fragilidades emocionais, problemas  no esôfago , asma bronquite, garganta,   nariz entupido, choro   frequente, coriza.

A pele tende a ressecar, portanto ingerir líquidos é altamente   recomendado para combater a secura da estação e além  facilitar a diluição do muco  que o sistema respiratório poderá estar  formando.

É época  de tomar  muito chás,   e o chá de hortelã é altamente recomendado, pois traz  um elemento altamente positivo,  sendo ao mesmo tempo de sabor picante e não produz calor em demasia. Lembre-se que a estação ainda é quente, se comparar com o Inverno.

Os chás de camomila, erva-doce, gengibre, canela poderão ser consumidos ao longo do dia com mel e limão.

O Outono propicia o choro, a melancolia que se manifestam quando estão em desequilíbrio, o Sol nesse ponto entra como coadjuvante  terapêutico, pois é fonte de calor e promove   alegria. Ambientes de montanha e locais que brotem água são excelentes para recompor as energias.

O que comer nessa estação?

Os alimentos devem ser preferencialmente cozidos, grelhados ou assados, evitando – se sempre que possível alimentos crus. Sabores doce (frutas,arroz,carnes,leite,) salgado(  frutos do  mar ) e sabor ácido( queijos, frutas cítricas) são altamente benéficos  já que são rapidamente transformados em energia.

Diminui-se (não eliminar) a ingestão de   alimentos  com sabor picante(condimentos), sabor   amargo( verduras cruas) e sabor adstringentes (tofu, feijões, ervilhas, caju, caqui).Cominho, gengibre, canela, sal, cravo, mostarda e pequena quantidade de pimenta são aceitáveis e combatem o frio.

As sementes (amêndoas, nozes, castanhas) podem ser consumidas  nos intervalos das refeições   pois são altamente nutritivas.

Referências bibliográficas:
Neijing-Dr. Padilha
Princípios da Medicina Interna do Imperador  Amarelo
maxweelsm.wordpress.com


Colaboração: Neide Martins da Silva
Acupunturista –  Acadêmica de Nutrição da UNESA – campus R9 – Componente do GEPS-R9



 
UTILIZE NOSSOS CANAIS DIGITAIS
Tel: (21) 97445-8205