TERAPEUTAS
André Gandur
Marilene Coelho

 
 
 

 

 

Alimentação e Inverno

 
 


Devemos ter cuidado com alimentos que acumulam muita umidade no organismo. Os principais desta lista são: maionese caseira ou industrial, laticínios em geral (principalmente queijos amarelos e leite integral pasteurizado), farinhas brancas, frituras e alimentos que foram congelados.

As recomendações para o período são os alimentos em forma de sementes (altamente energéticos) como as nozes, as amêndoas, sementes de girassol, gergelim, linhaça, castanhas do Pará, castanhas do caju e outras. São indicados os feijões de todos os tipos, lentilhas, verduras e cereais, legumes: cenoura, cebola, aipo, abóbora, alho, aspargos, aveia, milho, vagem, cevada. Frutas e frutas secas: uva, limão, ameixa, bergamota, laranja, melancia, amora, framboesa e pistache.
Chás de essência quente ajudam a minimizar os efeitos do frio do inverno: canela, gengibre, anis, anis estrelado, café, cereja, cravo, alho, pimenta, entre outros.

No inverno, é importante evitar:

  •  Ingerir bebidas e alimentos gelados. Dê preferência a bebidas em temperatura ambiente ou morna. Ingerir água morna, por exemplo, tem inúmeros benefícios para o organismo;
  •  O consumo de alimentos crus e frios;
  •  O consumo de saladas cruas.

Se aqueça, beba água e aproveite bem o inverno!

 

 

Alimentação Adequada Segundo a Dietoterapia Chinesa

 
 
A comida é a expressão do Qi (energia vital) ora mais Yin (fria, passiva, escura, tranquila, simboliza a energia da lua) ora mais Yang (quente, ativa, clara, movimentada, simboliza a energia do sol)).

 Ao acordarmos necessitamos de energia mais Yang para promover nossas atividades. Logo pela manhã até as 14:00 H, ou seja, hora do almoço devemos buscar alimentos mais Yang que promovem vitalidade e disposição.

A tarde o Yang começa a diminuir e o Yin cresce na natureza (as noites são mais frias) então devemos nutrir nossa energia Yin.

No final do dia, quando escurece, o Yin aumenta na natureza e devemos seguir este fluxo natural nos nutrindo com comida mais Yin. Evitamos no jantar alimentos Yang e preferimos aqueles que tonificam o Yin e promovem tranquilidade e passividade. 

No horário Yang (dia) devemos priorizar os alimentos Yang e no horário Yin (noite) vamos aumentar a comida Yin. Se invertermos este processo natural poderemos ter problemas.
 Por exemplo se utilizarmos alimentos Yang a noite (que é necessariamente mais Yin) poderemos ter dificuldades no sono (Yin).  Vamos entender as regras dos alimentos segundo a Medicina Chinesa:

Animais terrestres que vivem em contato com o sol são mais Yang em relação aos peixes e frutos do mar (mais Yin) que tem menos contato com o sol.
Vísceras, como moelas, bucho e vesícula biliar são mais Yang, pois são mais ativos que órgãos como fígado, coração, rins e pulmão pois são mais compactos e armazenadores (Yin)

Os grãos como cereais (arroz, milho, trigo), leguminosas (feijões e lentilhas) e sementes (girassol e abóbora) são mais Yang (mais contato com o calor do sol) que raízes, tubérculos, bulbos e rizomas que são mais Yin pois estão na escuridão da terra.

Frutas, frutos e folhas são expressões do equilíbrio do Yin e do Yang. Os alimentos das regiões frias são mais Yin e os das regiões quentes mais Yang. Alimentos de aroma forte são mais Yang e os de sabores fortes mais Yin. Alimentos mais leves são mais Yang e os mais pesados são mais Yin.

A natureza é a capacidade do alimento gerar frio, calor ou ser neutro. Na MTC a natureza é classificada em 5 estágios:

  • quente
  • morna
  • neutra
  • fresca
  • fria

 Isto será usado nos condimentos, exemplo: a banana é fria, mas a canela é quente logo ao aquecermos a banana com canela estamos tornando o alimento mais Yang e menos Yin.

 A pimenta é quente e a fritura também, logo não se usa frituras com pimentas para não aquecer demais e tornar a comida excessivamente Yang.

Fonte: https://acupunturatradicional.com.br/dietoterapia-chinesa-1/
Prof. Dr. Aderson Moreira da Rocha

 

 

A BANANA SEGUNDO A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

 
 

A banana apresenta sabor doce, característica refrescante e propriedade neutra. Tem ação sobre o Pi (Baço/Pâncreas) e o Fei (Pulmão).

Funções Energéticas da Banana

  •  Purifica o Calor;
  •  Umedece os Intestinos;
  •  Neutraliza as Toxinas;
  •  Purifica o Pi (Baço/Pâncreas) e umedece o Fei (Pulmão).

Banana e o Sistema Circulatório
Pela presença de sais minerais, principalmente pelo alto teor de potássio, a banana promove o bom funcionamento do coração, evitando alterações do ritmo cardíaco, assim como elimina o excesso de sódio que retém a água e ocasiona uma das formas de hipertensão arterial.

Banana e o Sistema Digestivo
A banana exerce ação umectante na parede intestinal formando uma película que protege a mucosa, impedindo que os alimentos irritantes lesem a parede intestinal. Além disso, a presença de pectina facilita a excreção de resíduos indesejáveis, como o colesterol.

Pelo efeito de purificar o calor e pela presença de tanina, exerce ação sobre as gastralgias de origem Yang, incluindo-se a úlcera gástrica, promovendo o equilíbrio e a cicatrização da mesma.

Fonte:https://acupunturista.net/content/article/535/a-banana-segundo-a-medicina-tradicional-chinesa/

 

 

Dietoterapia Chinesa
Alimentação na Primavera

 
 

Está chegando aquela estação do ano tão aguardada por muitos: a primavera!
A primavera é considerada o recomeço.  As plantas voltam a brotar, crescer e florescer, um verdadeiro despertar da natureza.

Nesta estação devemos cuidar do nosso fígado e vesícula biliar, que são órgãos renovadores da vida (sangue). Começa uma época do ano em que a temperatura varia muito, e por isso, esse é um período em que a nossa imunidade é colocada à prova.

É também uma fase do ano em que o organismo consegue eliminar com mais facilidade tudo que ele não precisa, por isso, é o período ideal para apostar em alimentos com poder desintoxicante.

O QUE COMER NA PRIMAVERA?

Alguns alimentos que devem estar presentes em nosso dia a dia e que auxiliam nesse processo depurativo do fígado são: abóbora, abobrinha, alcachofra, berinjela, beterraba, cenoura, chuchu, couve-flor, ervilha, mandioquinha, nabo, vagem, alface, almeirão, chicória (escarola), repolho, banana, caju, laranja, melão, morango e pêssego.

Os brotos são alimentos cheios de vida e com todo o potencial para seu crescimento. Neste momento da primavera, é ideal usar esse potencial de vida dos brotos e germinados para reforçar nossa energia e vitalidade. Aposte no broto de feijão, alfafa, beterraba…

Neste período é indicado o consumo de alimentos de fácil digestão, já que o tempo mais quente exige mais energia do nosso organismo. Para manter a alimentação mais leve, escolha sempre alimentos crus ou cozidos a vapor, grelhados ou assados.

O QUE EVITAR?

Alimentos gordurosos, frituras, açúcar, café e álcool devem ser evitados, pois sobrecarregam o fígado nesta época do ano. Evitar não significar eliminar completamente, o uso pode ser eventual, e consumido com moderação, ok?
Seguindo as leis da natureza estamos prevenindo problemas de saúde para a próxima estação.

Fonte: https://organomix.com.br/blog/2018/09/a-alimentacao-ideal-durante-a-primavera/

 

 



UTILIZE NOSSOS CANAIS DIGITAIS
Tel: (21) 97445-8205